Total de visualizações de página

segunda-feira, 1 de maio de 2017


"Aquela noite, até as tantas, não dormiu. Sentada na sua cama, com os olhos na janela fechada, - Clarisse mais fechada que a janela - pensava no porquê do ocorrido. O aperto transbordando seu vazio, de forma a provocar várias bufadas. O peso que esmagava seu silêncio, de modo a produzir vários gemidos."  
#Casadecarne

quarta-feira, 12 de abril de 2017

"De clara, Clarisse só tinha o nome.
Morava com o pai num apartamento confortável.
A alma, ao contrário, vivia apertada."
#Casadecarne

domingo, 9 de abril de 2017

Quem vamos?
Estarei lá com "Feita para iletrados", poesia e muito amor!
Praça Marechal Floriano Peixoto, Itaboraí/RJ.


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017